Cursos

IFB abre seleção pública e gratuita na próxima segunda (28)

O Instituto Federal de Brasília (IFB) abre, na próxima segunda-feira (28/10), os editais para o processo seletivo do 1º semestre de 2020. Para a seleção, há 2.378 vagas, em 41 cursos ofertados nos dez câmpus do instituto: Brasília, Ceilândia, Estrutural, Gama, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga. Os editais estarão disponíveis na página do instituto.

Para o ensino médio, serão ofertados 14 cursos de educação integrada – entre os quais estão opções como agropecuária, alimentos, controle ambiental, design de móveis, informática e produção de audiovisual.

As inscrições ser feitas entre 1° e 29 de novembro de 2019 pela internet. Caso o candidato não tenha acesso à internet em sua residência, poderá utilizar os computadores para acesso disponíveis nas unidades do IFB.

Durante o período de registro, também deverá ser entregue a documentação comprobatória para quem concorrer à reserva/cotas de vagas. A seleção será efetuada por meio de sorteio eletrônico. Todo o processo de inscrição é gratuito. O início das aulas está previsto para fevereiro de 2020.

Entenda as modalidades

Confira abaixo, de forma mais detalhada, cada uma das modalidades oferecidas pela instituição.

Integrado (curso técnico + ensino médio no IFB) – Cursos para pessoas de até 18 anos incompletos, que cursaram o ensino fundamental, mas não concluíram o ensino médio. Duração média de 3 anos.

Integrado Proeja (curso técnico ensino médio no IFB) – Cursos para maiores de 18 anos que cursaram o ensino fundamental, mas não concluíram o ensino médio. Duração média de 3 anos.

Concomitante (curso técnico no IFB ensino médio em outra escola) – Modalidade voltada para os estudantes que cursam o ensino médio em outra escola. Eles farão, ao mesmo tempo, o ensino médio em sua escola de origem e o curso técnico no IFB. Duração média de 2 a 3 anos.

Subsequente (Pós-Médio) – Para quem já concluiu o ensino médio. Duração de 1 a 2 anos.

Regime de Alternância – O ensino é organizado em função do trabalho, e o estudante alterna períodos regulares de aprendizagem na escola com períodos de convívio com a comunidade de origem. Duração de 2 a 3 anos.

Reserva de vagas

O IFB reserva vagas nos processos seletivos para pessoas oriundas de escolas públicas, com deficiência, que se autodeclarem preto, pardo ou indígena e para as que têm renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo.

Se o candidato se encaixar nessas características, pode solicitar reserva de vaga no ato da inscrição on-line e procurar o câmpus do IFB no qual selecionou o curso para entregar, até 2 de dezembro, formulários específicos descritos nos editais e os documentos que comprovem suas declarações.

Fonte: Eu estudante/Correio Braziliense

Foto: Vinicius Cardoso Vieira/Esp. CB/D.A Press)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar